8 de jul de 2008

O Modismo

Na metade final da década de 80, havia um certo hábito de aderir em grupos, alguma coisa, um modo de vida, um modo de se vestir, uma música, uma mania e por aí vai.
Esses efeitos coletivos eram chamados de modismo, não sei como chamaria isso hoje, visto que não sou adolescente a 2 décadas... Mas na minha época e região, era modismo.
Entre brincos de cruz(Like a virgen); dançar aos passinhos; jogar queimada(caçador) ou volêi no recreio, fazer tratos que se faziam valer a partir que duas pessoas cruzassem o dedo minimo; sarauzinhos dançantes aos sábados(num desses dei meu primeiro beijo oficial!); festinhas americanas, onde as meninas levavam os comes e os meninos os bebes; jogar atari na minha casa; assistir He-Man...
Teve um que de jeito maneira consegui aderir, até tentei, mas não gostei do negócio.
Chupar "halls". Até hoje me dá um certo ruim de lembrar ou chupar o danado. Meu marido gosta demais daquele extra-forte, os meninos vão no embalo, eu não consigo!
Nessa época eu tinha um namorado(o primeiro) que era 3 anos mais velho do que eu, e o danado fumava(argh), para aliviar e não ter que passar pela lei seca que eu estabeleci, não beijava ele com boca de cigarro, ele sacava um drops e chupava antes de chegar na minha casa(era meu primeiro namorado, e a gente namorava na minha casa, sob os olhares da minha mãe e padrasto), hoje com o paladar(hehehe) mais refinado não sei o que era pior o gosto do cigarro sozinho, o gosto do "halls" ou o gosto de ambos, mas era menina, era meu primeiro namorado e achava tudo bom.
Mas o grande lance, é que era modismo mesmo, todo mundo tinha um no bolso do seu jeans(Us Top ou Lee), ou dentro de sua mochila(Arrepios), tinha o rosa que era o de cereja, o azul que era de menta(eu acho) e o preto que era o extra forte.
Nessa época fiz grandes amigos que são amigos até hoje, ninguém mais chupa o tal do "halls", nínguem usa mais brincos com cruz(mas ainda ouvimos Madonna), não vejo ninguém mais dançando, quem dera em passinhos(só eu e a Julia - minha afilhada), mas no domingo me surpreendi vendo as crianças brincando de queimada/caçador aqui em casa... Daí veio essa nostalgia toda.

9 comentários:

Amanda disse...

É, tava bem legal mesmo, eu contra dois, mas tudo bem!
Adoro quando você fala da infancia aqui!
=)
Beijos

Carlinha disse...

Nossa! Quem relembrou a infância agora foi eu. Como eu amava queimada gente! Eu era muito boa naquele jogo...Eu ficava sempre sozinha jogando contra 4 pessoas e ainda ganhava! Sabia fugir da bola muito bem!
E atari então? Quanto que eu não joguei pac man naquele video game?
Que delícia relembrar tudo isso,né?
Eu tenho até um pouco de pena das crianças de hoje em dia...Eles não sabem o que é infância!

Nina disse...

Aaaaahhh que delícia lembrar disso tudo, tbm vivi mt isso. só nao o atari, porque a gente nao tinha mt dinheiro pra comprar certas coisas lá em casa e a gente era mais de ficar na rua mesmo, sabe?? subir em mangueiras, brincar de patins, bicicleta, essas coisas de moleque, mas tudo isso que vc falou, soninha, eu vivi. os passos ritmados ahaha, eu fiz mt. até na televisao a gente foi, eu e minhas irmas, mas nao dancando madonna, apesar de amar e sempre dancar madonna, mas o menudo, ahahaha,lembra?? gente, quanta loucura a gente fazia naquela época. a gente era tudo louco mesmo! lembra as cores que a gente usava da viuva porcina??? os lencos na cabeça em tons berrantes? as polainas, os all star, as meias arrastao, os brincos gigantes em tons citricos, meu Deus! o que era aquilo tudo??rsrsrs, anos 80 foi bom demais!! mas um pecado no quesito moda.

valeu a viagem! ADOREI! maravilhoso recordar.

Marsyah disse...

Sôninha, eu amo halls. Acho uma delícia aquele geladinho! Gosto, gosto, gosto!!!

Eu também quase aderi a alguns modismos. Eu tentei virar punk, mas minha mãe proibiu. Achava muito bacana aquela galera (naquele tempo, agora não).Também amava dançar passinho. He he... A gente ensaiava o dia todo qdo tinha festinha.

Me dá uma saudadezinha deste tempo, mas eu não quero voltar. Eu gosto da idade que tenho, da cara que tenho, dos hábitos que tenho e da família que adquiri. Deus me livre voltar a adolescência!!! rs

Bjux querida!
(Vou ali ensinar uns passinhos pra Princesa)

Flavinha disse...

Lindo seu blog. Parabéns!
Depois venha me fazer uma visita.
Bjs

Pitanga Doce disse...

Ih, o meu povo aqui em casa gosta de Halls. Eu, nem se estiver se ressaca chupo aquilo. Irch! Nem Tic Tac. Uma pastilha Garoto ainda vai!

Quanto a calça Lee, verdadeira nunca tive. A tua era boca de sino com bainha desfiada? As unhas eram pintadas de branco leitoso ou você já pegou a fase do preto?

Quanto a Madona, meus bisnetos vão ouvir! Duvida?

beijos pra ti

SGi/Sonia disse...

Amandinha: Tá sumidinha dos blogs, o meu brôu cortou a sua net?

Carlinha: Eu acho que vai ser tudo na sua época, mas que é de por vontade na boca da moleca é...

Nina: Eu tinha um cover do menudo... Dançava, cantava... Uma loucura.

Marcia: Quando eu for pra BH vamos dançar muito, eu você e a Larinha.

Flavinha: Entre, sente e fique a vontade. Seja bem vinda:)
Já fui ler e aprender um pouco da vida no seu cantinho.

Pitanga: Peguei quase todas as fases dos anos 80, mesmo quando era menorzinha, pq meu irmão mais velho sempre vinha com as tendências pra casa, eu tive uma Lee novinha em folha e só minha na década de 90, porque antes disso, era da prima, da irmã, da outra prima e depois minha...
Também acho que meus bisnetinhos vão ouvir Madonna, U2 até Roupa Nova se depender dessa Bisa aqui.

Amanda disse...

Sumida?
Eu?
Não e não
Graças a Deus não cortou, é só falta de ter o que comentar, mas pra compensar fiz um bem grandão ali em cima ^
Beijos

Amanda disse...

Ou melhor: no post de cima