30 de jun de 2009

Esquisitices de uma pessoa esquisita.

Esquisita eu?
Não, a minha amiga!

Sou uma pessoa musical, adoro musica, quer dizer sou uma pessoa musicalmente falando dos anos 80. Nunca sai de lá, no máximo fui até a primeira metade dos anos 90 e estacionei. O sucesso atual nem sei qual é. As vezes vendo o MultiShow me encanto com uma banda nova, como foi o caso do Vanguart, adoro os meninos e adivinha só qual é a influência deles? Os anos 80...
Mas tanta enrolação é só para contar das esquisitices das pessoas que eu conheço, sabe aquela história de uma amiga minha? Eu tenho várias.
Tenho uma amiga que toda vez que vem me visitar na hora de ir embora ela diz:
"-eu vou me embora, vou ver Maria Lucia..." , não tem uma vez que ela não diga.
Toda vez que uma certa familia faz a viagem para Brasilia de carro, quando passa pela ponte do Rio de Piracicaba, cantam em coro: "-o rio de Piracicaba..." e só, param aí mesmo. Porque na verdade, eu vou contar para vocês porque conheço bem as pessoas, elas só sabem esse pedaço e que a música é cantada pelo Sérgio Reis.
Outra esquisitice que vejo por aí também, é quando eu vejo, quer dizer minha amiga vê, um fio de cabelo em algum lugar ela ataca de: "- o fio de cabelo no meu paletóooo". Tem uma pessoa que eu também conheço, que toda vez que lê ou escuta a palavra Neston, começa a cantar a musiquinha da propaganda dos anos 80: "-papapapá bate na lata de Neston, Neston é tão divertido..." e depois a louca ainda termina com Menino da Porteira, porque ela acha incrivelmente parecida a melodia, e presta bem atenção que eu acho que ela tem uma quedinha pelo Serjão!
Quando maridones dessa amiga pergunta para ela o que ela tem ela sempre responde: "-nada, nada, naaadaaaaaa!", quando os filhos dela pedem batata frita no almoço e ela está de bom humor e resolve fazer meio pacote de McCain(revira os olhos Arthuzinho!), ela diz: "-Ok você venceu, batata frita!".
E a esquisitice então, de toda vez que faz pipoca na panela, começar a cantar a músiquinha da propaganda de guaraná? "-pipoca na panela começa a arrebentar..."

Tem vezes que essa minha amiga, fica poética e sempre lembra um trecho de uma poesia e recita. Eu particularmente acho que é quase motivo de internação...
Têm também aqueles amigos que lembram trecho de piada e colocam no meio da frase, trecho de livros... E por aí vai.

29 de jun de 2009

Quando uma loba vira gata:)

Sexta-feira, maridones me convidou a ir até um cliente(o mesmo que estou fazendo o trabalhinho), lá fui eu, só que antes resolvi passar no "armarinho" para comprar algumas contas que estava precisando(na verdade querendo). Estou andando para lá e para cá e começa a chover, sabe aquela garoa fina e volumosa? E eu lá andando na chuva. De repente escuto: "corre gatinha que tá chovendo", olho para ver a gatinha, e tamanha a surpresa ao descobrir que sou eu, procuro quem soltou a frase e vejo dois meninos de no máximo 13 anos, dou uma risada da situação que com certeza os meninos acharam que era de mole, mas nem ligo, e fico pensando no que leva duas crianças falarem tal frase para uma jovem senhora que tem idade suficiente para ser mãe deles, será uma nova campanha de Faça uma senhora feliz? Se for estou dentro!

26 de jun de 2009

O dia que o silêncio se fez música

 Michael Jackson - Free Willy Song

Porque para mim ele vai ser lembrado sempre assim.
A minha favorita dele, que eu sempre canto para eles

25 de jun de 2009

Quantos pés esquerdo você têm??

Sou uma negação.
Na década de 80, nas discotecas ou festinhas de amigos, era comum fazer uma fila de pessoas bem coordenadas que dançavam em passinhos, era tudo lindo, ritmado e coreografado, todos que tinham o minino de coordenação entravam na fila e dançavam, eu entrava na fila também, porque cá entre nós, eu danço MUITO!
Mas muito mesmo.
ERRADO!
Enquanto a galera ia para a direita eu ia para a esquerda, eles davam um giro e eu um salto, eles balançavam a mão e eu a cabeça...
Uma coisa tosca de se ver.
Mas quem disse que eu saia da fila? Pisava no pé de todo mundo, distribuia tapas e socos aleatórios, um desastre.
Mas até aí tudo bem, sempre fui uma pessoa engraçada e que nunca se importou com a opinião alheia, o importante era minha diversão.
Passada a época de meninos e meninas separados, veio a época das músicas lentas, aquelas que a gente mirava no objeto de desejo e torcia para ele nos tirar para dançar, e era aí que começava sem eu saber, o maior problema rítmico da minha vida. heheheheh
Quem disse que eu consigo fazer dois prá cá e dois prá lá?
Pior quando o parceiro(no caso meu maridones) cisma que tem que rolar o tal de 2 para cá e um para lá, gira e volta... MeuDeusdocéu! Tá de brincadeira né?
Valsa, forró, lenta, sertaneja????
Danço tudo sozinha, porque junto não tem jeito não.
Dança aí, dois prá cá pula, gira, balança o bumbum, levanta os braços, mexe só as mãos e abre um sorriso

font face="Arial" size="2"> Metrô - Sândalo de Dândi

23 de jun de 2009

"sai dimim"

Começou uma semaninha sofrida, tava tudo tão cor de rosa que de repente apareceu uma nuvem "cor de medo" em cima da minha cabeça. E é exatamente nessas horas que tenho uma imensa e incontrolável vontade de falar muitos palavrões, daqueles que até em pensamento fico com vergonha. Mas me prometi uma semana sem falar palavrões(tinha que ser justo agora?), o merda tá liberado, porque eu sou a rainha de me machucar por nada, e quem aguenta cortes minusculos nos dedos que só lembra quando coloca a mão na água sem soltar um merdinha que seja???
Então vou pegar leve comigo mesma, vou tentar ignorar essa nuvenzinha "cor de medo", vou ficar quietinha aqui no meu canto e cantar muita música cafoninha, que me serve de terapia.
(pode dançar/cantar fazendo a coreografia que não tem ninguém olhando!)
 Yahoo - Mordida de Amor

21 de jun de 2009

Meus pecados de inverno(agora oficial!)

Hoje começou o inverno por aqui, fez um dia lindo, com um vento gelado.
Meu pecado de inverno de hoje é bem gostoso e que ataque a primeira pedra quem nunca, nunquinha fez, ou seja porque a mamãe fez um dia ou porque já nasceu com DNA disso.
Meia por cima da calça, seja pijama ou jeans na hora de por a bota(pode ser até essa feinha aí de baixo), tem coisa mais quentinha do que a meia bloqueando o friozinho que cisma em entrar pela barra da calça? Eu adoro e com a idade estou ficando mais exigente e as meias mais compridas!

19 de jun de 2009

Meus pecados de inverno

É só começar a esfriar que eu me transformo. Adoro o frio, mas engana-se quem pensa que é a época do ano em que as pessoas ficam mais chiques, mentira pura, se você olhar bem de perto tirar uma ou duas peças de roupas verá o que há de mais estranho e feio no inverno.
Mas vamos ao meu primeiro pecado.
Eu, particularmente acho louco de feio, mas uma coisa muuuuito feia mesmo.
Bota plataforma,salto anabela imitando madeira(hahahahah).
É o meu pecado mais pecadoso do inverno, tenho já faz mais de 4 anos e a danadinha continua servindo o propósito dela, esquentar meus pés mega gelados. Ela é toda forrada e esse super salto isola direitinho do chão gelado. Ela já foi moda e eu acho que fica bem cafoninha em mim, acho que meninas moças ficam melhor usando esse tipo de bota, mas quando coloco no pé esqueço por completo qualquer noção que posso ter de moda, bonito e feio e afins.só para constar, não saio mais na rua usando ela, vergonha do conforto que ela me proporciona.

17 de jun de 2009

Aviso aos navegantes!

Uau, parece coisa importante né? Aviso aos navegantes, sempre quis falar assim.
Estou meio sem tempo para tudo essa semana, quer dizer já faz umas duas semanas, mas quando meu chefe(maridones) não está vendo eu visito todo mundo hahahahah
Estou num projeto chatinho novamente mas que logo acaba, estou também sem novidades, sem idéias e com muito sono e frio.
Para alegrar a meninas que estejam se achando meio feinhas aí vai uma foto da Vala'Dona Maria de Jesus DiPardie(porque ela é metade francesa), conheci essa figura no final do ano passado durante o amigo secreto que rolou com algumas das meninas que passeiam por aqui, ela vivia aprisionada dentro de mim e agora qualquer deslize meu ela "me" toma conta!

9 de jun de 2009

Menina tem cada idéia...

Quando os anos ainda se contavam em mil e muitas coisas, eu tinha idéias malucas, casava e descasava várias vezes no mês, sem ao menos o noivo ser notificado...
Ok ok, nessa eu nem era tão menina e nem tão adolescente...
O meu noivo foi, durante uma tempinho bem curto(acho que um ou dois clips apresentado pela Astrid na MTV), esse cabeludão de rabo de cavalo, o Gary Cherone.

7 de jun de 2009

Eu fui assim

"Figurino" para Festa Junina na Escola das Crianças.
Bata: 10,00 + 7,00 de frete(comprei numa loja pela internet)
Jeans: sei lá quanto e sei lá onde.
Bota: Dakota(heheheh) menos de 100,00(comprei ano passado)
Colar: ganhei da Nininha de amiga-secreta(não tiro mais do pescoço)- não tem preço!

4 de jun de 2009

Esse também!


Os corações que vi lá na Ruby, a idéia das almofadas eu também copiei dela(hihihihi), quer dizer era uma idéia antiga mas que tornou-se realidade depois que fiquei apaixonada por tudo que vi lá.
O sofá também foi eu e o meu maridones que fizemos, até dezembro ele era azul em couro ecológico e estava muito feio (dois meninos que resolveram que o sofá era trampolim), para reformar sairia muito caro e como os meninos são crianças ainda e é um saco ficar o tempo todo policiando eles, fomos a uma loja de tecidos e escolhemos um bem prático e forramos o sofá todinho. Saiu barato e eu adorei!

1 de jun de 2009

Foi eu que fiz!


Estou uma artista intima da minha Singer.