29 de nov de 2008

O SOL

Na esperança de que ele venha e fique um pouco mais que uma semana.desenho by Net(?)

28 de nov de 2008

De Croissant a Pc

Ontem a noite, antes de dormir, como toda noite, planejei o meu dia, o que é prioridade, o almoço, café da manhã e mentalmente desejo que tudo de certo. Mas ontem eu fui além, imaginei um café da manhã de Hotel, vai me perdoar quem não gosta de hotéis, eu amo. Veja só, acordar, tomar banho, sair do quarto para tomar café e quando volta para meu quarto, as camas já estão feitas, as toalhas do banheiro trocadas e sem mencionar é claro O Café da Manhã, minha felicidade seria ter na vida alguém aqui em casa só para cozinhar, só para fazer o meu café da manhã, mas por enquanto não dá, então o jeito é me virar com que eu tenho, ou seja EU.
Ontem planejei um café da manhã de Hotel, resolvi que iria fazer um suco de laranja na hora(sem essa de caixinha) e iria buscar um pão quentinho na padaria, sempre que estou animada faço uma salada de frutas pro café, ou seja quase todo dia, mas hoje, deu tudo das avessas...
Acordei as 08:00 com a sensação horrível de estar atrasada, acordei com preguiça(isso mesmo), e acordei com dores nas costa(ei isso não é novidade!) e o meu café da manhã, foi o de sempre, café com leite, pãozinho de forma mesmo, a única coisa que eu havia imaginado e tinha era o tal do croissant, sou louca por eles, e ontem como já estava querendo um café diferente comprei no mercado("loco" de caro!)Croissant para mim tem que ser bom a ponto de não precisar por nada dentro, a ponto de comer só ele com ele e fim, o do Mercado aqui de perto de casa, não deixa muito a desejar, mas como não tinha um legitímo francês, comi um brasileiro-americano mesmo.
Mas o dia quando resolve de começar torto vai torto até o fim né?
Hoje o Pedro tinha que levar 30 dois amores para a escola(comemoração dos aniversários do mês), e eu resolvi fazer em casa. Peguei uma receita fácil na internet e coloquei mãos a obra ontem a noite mesmo. Hoje pela manhã depois do conturbado café fui enrolar os docinhos, cadê que estavam no ponto? Ficou delicioso, o melhor que já comi, mas ficou molenga, tentei uma salvação e nada, mandei todo feio mesmo, mas com a garantia de estar delicioso!Para o almoço tinha resolvido que faria uma costela no forno, sempre faço de panela e fica uma delicia, mas depois de tanto ouvir a Fabi falar em fazer no forno, resolvi tentar. Não ficou boa, a aparência não ajudou nada, da próxima vez faço na panela que garanto.Agora a tarde tenho que dar um gás num projeto que estou fazendo com o Maridones desde o começo do mês, tenho mais de 500 dados para converter, mas minhas costas não me deixam ficar mais de 40 minutos sentada na frente do PC.Mas só pra constar, apesar dos apesares estou feliz-feliz da vida!

27 de nov de 2008

Gêmeos/Gênios

Quando eu vi lá na Sabrina, eu fiquei com uma curiosidade danada e queria ver o meu também, mas cadê que alguém sabia de onde tinha vindo?
Hoje por acaso achei, e vou mostrar na íntegra, é só clicar aqui o meu, só por ser meu, vou colocar aqui.

Gêmeos (21 mai – 20 jun)
Eu quase não consigo escrever sobre este signo. Isto porque eu tinha que
fazer ginástica e me lembrei que tinha que dar um pulo no meu banco para resolver um problema de débito automático, quando me lembrei que hoje, terça feira é o dia da feira, aqui do lado de casa, mas caraca, eu tinha que ver um apartamento com um corretor antes do meio dia, horário da rádio.
Ufa !
É exatamente assim que é a personalidade, o ritmo e o cotidiano do
geminiano.Pensa mil coisas ao mesmo tempo, começa cinco , e termina meia(ôxi eu termino tudo sim senhor!).
Porém no meio disto tudo, sai uma idéia maravilhosa, algo louco e
inédito.
O geminiano é capaz de parar o sexo com você(heheheh), só para ver o novo clip da Amy Winehouse e depois volta com o mesmo fogo de antes, enquanto você esta ainda enxugando as lágrimas.
O povo de gêmeos tagarela muito(verdade!). E não consegue guardar segredos(mentira!).Se quiser prejudicar alguém, solte um veneno para o geminiano e ele vai espalhá-lo, como se fosse a imprensa marrom (de jeito maneira!).
E de repente, o gêmeos está ali na festa dançando, pulando e do nada,
fica quieto, sério ,e vai embora...
É o seu outro lado, entrando em ação. Gêmeos é um signo duplo, assim ,
como sagitário e peixes, são os chamados signos mutáveis.
É o signo que melhor representa a TPM(A-HÁ!).
O Geminiano é inteligente porque absorve tudo muito rápido, tipo um
SempreLivre, mas odeia se aprofundar nas coisas...
Tipo modess sim, vibrador não.
Dizem que gêmeos é falso. Não é. Apenas muda rápido de idéia(hahahahaha).
Corretores de imóveis se irritam com este signo.
O Homem geminiano tem sempre muito o que fazer, muitos amigos, muitas atividades e pode até ter duas namoradas, porque esqueceu-se de terminar com a outra(nunca, nunquinha!). Mas não tenha pena, mate-o do mesmo jeito.
Geminianas são lindas, femininas e ágeis. Grande parte das modelos são
geminianas, talvez por isto, se adaptem a vida de modelo que é mil testes,
mil viagens, mil dietas, mil vômitos(argh!), enfim.
Tenho um amigo geminiano que demora 3 horas para malhar, porque fala com toda a academia.
Tenho um outro amigo que é geminiano, judeu, mas fala japonês
fluentemente.
E tenho outro que era músico formado, virou arquiteto ,já foi motorista e
ataca de corretor de imóveis.
Entenderam?
Ou seja, com o talento bem canalizado,vão longe...
E alguém lá sabe canalizar talento?

26 de nov de 2008

Olha a onda

Entrando na onda dos blogs de decoração que comecei a freqüentar, graças a Chris, resolvi fazer um faça você mesmo aqui em casa. Tenho uma parede com algumas fotos em molduras compradas em lojas de 1,99 e eram todas azuis, cor que eu gosto muito, mas que de um tempo pra cá estava desgostando, pois estava achando meio apagadinho. Usei uma tinta acrílica vermelho carmim e tchanan! Uma nova parede com fotos antigas!
ANTESDEPOISContinuando no assunto, minha sogra tem um abridor de garrafas que eu amo, como única nora, já tô fazendo coro que o dia em que ela se for será meu... Ela já queria me dar na hora, eu falei que não, por enquanto é uma marca da cozinha dela, mas um dia poderá ser meu(sem pressa viu?).

24 de nov de 2008

As Cartas

Quando eu resolvi que a sexta-feira seria meu dia de folga, não planejei nada, a não ser ficar em casa, não fazer nada(para isso a porta da cozinha existe), talvez ver uma reprise na TV, escutar uma músiquinha e abrir minha caxinha de cartas.
Minha caixinha funciona bem, só que tem funcionado pouco.Eu andava com a caxola cheia de idéias, para as cartas que gostaria de escrever.
No início da semana, dei um jeito nas costas, mais ou menos na altura dos ombros, por insistência minha, resolvi que dessa vez iria espera um pouquinho mais do que de costume pra tomar um analgésico, não eu não gosto de sofrer, mas é que eu tenho um problema crônico nas costas desde a gravidez do Caio, e resolvi, só dessa vez, dar um tempo pra dor passar sem precisar me medicar.
Que burrona que eu fui. A dor que não tem cerébro e não entendeu o meu recado, só foi crescendo, chegando no ponto auge na sexta-feira.
Resultado, minha tarde de folga foi excelente, não fiz muita coisa, não consegui ficar muito tempo sentada e nem muito tempo deitada, a dor estava me matando.
Maridones, a quem eu sempre culpo, não estava em casa, eu estava sozinha com os meninos e sem um carro na garagem para levar os meninos para a escola. Quando vem, vem tudo junto né?
Tomei um dorflex, para ajudar meu medicamento salva-vidas havia acabado e eu só fui dar conta disso na sexta, e fui caminhando levar os meninos para a escola, são 9 quadras, que normalmente encaro numa boa, mas na sexta parecia que eu estava fazendo o caminho de Santiago de Compostela, como estava difícil chegar na escola e depois fazer o caminho de volta.
Chegando em casa, sentei para escrever as cartinhas e sabe o que eu descobri? A dor nas costas me deixou amarga, só saia lamentações(piores que essas), parei e fui assistir um filminho, escolhi P.S. I Love You, chorei horrores e fiquei bem, apesar da dor no sábado acordei melhor, mais positiva e no sábado a noite as idéias fluiram e escrevi minhas cartinhas.
Não coloquei no correio hoje, mas acho que amanhã vai.

19 de nov de 2008

Você sabe o que isso quer dizer?


Sexta-feira é o dia que vou me dar de presente.
Serão 4 horas só para mim.
Pouco?
Muito e serão muito bem aproveitadas.

17 de nov de 2008

Wish List - porque Papai Noel fala inglês:)

Está chegando o Natal.
Ontem comecei a pensar no que vou me dar de presente, e vejam só que lindo o primeiro ítem da minha lista de possíveis aquisições:
Encontrei aqui no ANTES DE PARIS.

15 de nov de 2008

Sonhar. O prazer de dormir.

De quinta para sexta-feira, sonhei com duas amigas minhas, era um tal de abraça pra cá, rodopia pra lá...
Era um encontro, e estavámos felizes demais por estarmos ali.
Ô sonho bom de se sonhar.
Acordei com aquela sensação de amizade de verdade.
Tempos atrás sonhei com outra amiga.
Foi um sonho lindo de paz e muita alegria, estavámos em uma praia com mato,tipo a Praia do Rosa(SC), e a gente lá curtindo a vida com muitos risos e aquele sentimento de tranqüilidade e amor.
Hoje sonhei com as três e mais uma, de uma vez só, e tinha um cachorrinho filhote preto junto, todo peludinho.
Só faltava ter que levantar as mãos para poder falar, parecíamos maritacas faladeiras, e tinha essa mesma sensação de felicidade e amor.Só pra constar, sonhei com a Carlinha e 3 semanas depois eu a conheci. Que tal hein meninas? Será um anúncio de novos encontros?

13 de nov de 2008

Hoje não, semana que vem!

Semana que vem eu MUDO minha vida.
Semana que vem VOU ter um tempo pra mim, nem que seja só uma tarde.
Semana que vem já está chegando!!

10 de nov de 2008

Stand By Me

Domingo dia 09 foi aniversário desse carinha aqui, e ele vivia me cobrando porque não tinha foto dele aqui. Então aí vai meu bebezinho que fez 4 anos, quando ainda tinha 6 meses de idade.A música ao lado é para ele e para o Caio que já está bem satisfeito em ser protagonista no meu outro cantinho.

8 de nov de 2008

Conclusão da Semana;

"Pézinho nos anos 80??
Bobeira!
É a cabeça mesmo."
E chegando a essa preciosa conclusão, nas andanças por aí encontrei o Sami, por intermédio da Chris, que tem um blog divertidíssimo e uma sessão de 'É Cafona Mais Eu Gosto', vai lá conferir porque vale a pena viu?

6 de nov de 2008

Confissões de um EX-adolescente.

Eu já tive 15 anos e vou falar uma coisa, minha Nossa Senhora como eu era muito mais boba(hoje sou só um pouquinho).
Eu escrevia diários em cadernos de capa dura que eram encapados com plástico grosso e cobertos de figurinhas, manchetes de jornal, fotos dos gatos do momento, adesivo e outras coisas que eu nem sei porque eu colava lá.
Nessa época eu gostava muito de ouvir Toto, Jane Duboc, Zizi Possi('Perigu é ter você perto dos olhos mas longi do coraçãuuuuuuuu!'), The Clash, e tudo o que tocasse nas rádios. Nessa época eu era abençoada e meus ouvidos ainda não tinham filtro, qualquer coisa era boa, e quando eu falo qualquer coisa era qualquer coisa mesmo.
Eu usei uma vez única na minha vida o laço da Viúva Porcina e não foi porque eu tivesse senso de moda, e sim porque foi emprestado somente pra bater retrato, mas eu queria muito um rosa choc.Eu usava o batom BOCA LOKA, e toda vez que eu passava eu falava fazendo caras e bocas 'BOCA LOKA'. A cor? Rosa choc né?!Eu usava sem pudor nenhum sombra azul, muita sombra azul e bem forte para todos verem e na hora de ir para a Escola(eu era chic).
Eu escrevia meu nome(Sonia Martin) com o Martin do Ricky Martin(na época só Ricky do Menudo), porque era com ele que eu iria casar.Queria também casar com o Rob Lowe, mas as nossas conversas se limitariam a um 'the book is on the table', então desisti desse amor loguinho.
Eu fiz uma fita cassete, não fiz sozinha tive mais 4 comparsas na brincadeira, para o menino que eu gostava, no fundo tocava Crazy for You da Madona e eu sussurrava palavras de amor, minhas outras comparsas fizeram o mesmo. É claro que a gente nunca entregou a fita e provavelmente gravamos algum sucesso da Rádio Caiobá nela...
O menino que eu gostava era tão lindo que na casa da minha mãe ele era conhecido com o 'feinho da Gi', ô moral viu?
Lauro Corona povoou meus sonhos durante muito tempo, mas isso só depois que ele fez o Clip do Fantástico com a Gloria Pires, cantando 'João e Maria' do Chico.
Eu não gostava do meu nome Sonia só por causa da Sonia Braga. Porque todo engraçadinho me chamava assim.
Eu era tão magrela que um vizinho me chamava de 'Mosquitinho Elétrico'.
Eu me apaixonava toda semana, não me declarava e sofria de amor não correspondido toda semana.
Eu era muito legal, meus amigos e amigas gostavam de mim.
Eu guardava papel de bala, palito de picolé, pedrinhas e outras coisas que viessem da mão do eleito da semana.
Eu ia em festinhas e dançava Rock balançando a cabeleira...
Você acha pouco?

3 de nov de 2008

Como chegar a um Casamento

Sou muito organizada.
Adoro uma listinha e sempre a sigo à risca. Nessa minha mini-viagem foi assim também.
Organizei tudinho, fiz uma visita virtual à cidade, pra ver os atrativos e hotéis, separei as roupas dos meninos, minhas e do maridones, emprestei um secador de cabelos da irmã(o meu é só 110v), separei a necessaire(menor do que de costume...), lanchinho pra viagem, cobertorzinho pra usar no carro, no caso de fazer um friozinho na serra quando chove(e aja chuva nessa terra!), água pros adultos, óculos de grau e de sol, radinho do Caio(aquele novinho que chamo de radinho ou walkman e ele me corrigi em letras maiúsculas dizendo É MP4 MÃE!), máquina fotográfica, pra não correr o risco de acontecer o que aconteceu com a Chris(mas essa era difícil de esquecer ela quase nunca sai da minha bolsa), bolsinha de festa, lenço de papel(porque no quesito chorar em ocasiões felizes sou nota 10), anticoncepcional(oras!), basezinha novinha que cobre até tatuagem de tão boa... E por aí vai.
Na quinta-feira a noite começou a minha arrumação.
Separei as roupinha de festa dos meninos, meias e sapatos, tudo combinandinho.
Perguntei pro Maridones com qual camisa ele iria, porque pro Maridones tudo é fácil, o terno pode ser o mesmo desde 1998(desde que esteja inteiro né?), só troca a camisa e a gravata, facinho assim.
Arrumei o meu vestido, não sou uma mulher enrolada, nem tenho muitos vestidos, então a indecisão só fica por conta mesmo do acessório. Fui com o mesmo vestido que tinha usado nessa festa aqui, mudando só os detalhes, afinal ninguém(ala feminina) da família havia me visto com ele(Maridones, muito observador, perguntou se era vestido novo...)
Na sexta-feira, perguntei pro Maridones pela oitava vez na semana com qual camisa ele iria. Das 30 camisas que tem ele escolheu a única que não estava passada. Mas tudo bem, pelo menos ele não deixou pra resolver em cima da hora...
Sexta feira tudo já organizado.
No sábado pela manhã, Maridones foi trocar o óleo do motor do carro, um negócinho fácil e rápido que normalmente toma no máximo 30 minutos, mas no sábado levou 1hora e meia...
Aproveitando que Maridones ia demorar resolvi, sei lá por qual razão experimentar as roupas nos meninos.
Daí veio a primeira surpresa do dia: A calça do Caio já dá pra ser usada como bermudão, a camisa está minúscula e o sapato apertado. O calcanhar da meia ficou quase no meio do pé, o que me fez achar que eu estava colocando a meia do Pedro, senão fosse pelo detalhe da cor...
Já a roupa do Pedro, ficou toda justinha, a camisa dava pra usar sim, desde que fosse com as mangas dobradas, fazendo pose de yuppie(década de 80), a calça se fosse ser usada com havaianas até dava, porque quando coloquei com o sapatênis(Ô coisa chic...), ficou parecendo o noivo de uma quadrilha junina...
Resultado: os meninos foram vestidos do jeito que estão sempre, camiseta e calça jeans.
Ainda bem que são crianças viu?Pedro feliz da vida e pulando!
Assim que pegamos a estrada, nesse caso rua de casa, Pedro já veio com a frase:"mãe quero um lanchinho...", sabe o lanchinho da viagem? Foi quase todo devorado antes de chegarmos ao Portal de São José dos Pinhais(cidade coladinha em Curitiba, que não dá nem 5 minutos, de carro, de casa).
Paramos no Mc, contra minha vontade, pra pegar uns hamburgueres(?), e seguirmos viagem. Todo mundo de barriga cheia, seguimos viagem.
Aqui agora começa meu martírio, de todas as esquisitices que acúmulo na vida, essa é que me atrapalha mais, tenho pânico de estrada, pra poder viajar já tomei remédio controlado, hoje como já estou quase curada um fitoterápico resolve, só que esqueci de tomar, como de costume, uma hora antes de sair, tomei exatamente na hora que estava saindo de casa, que foi quando eu lembrei. Fui passando mal até Joinville, aqui brinquei ao passar pela Expo Ville, onde estava acontecendo um evendo e eu acho que a Carlinha estava na organização, gritando "tchau Carla!", foi o suficiente pro Pedro fazer beicinho e ensaiar um choro dizendo que queria ver a Caila... Nem dava pra parar, já estavámos começando a ficar atrasados...Passando Joinville, começa a chatice do Caio, com o famoso "falta muito", acompanhados de muitos muxoxos(adoro escrever assim, com x em tudo!), depois que entramos em Jaraguá do Sul, eu já tava quase deixando o Caio no caminho de tanto que estava incomodando, foi aí que eu lembrei que o danado tinha acordado as 5 da manhã, então metade da chatice dele podia ser sono, sugeri pra ele uma descansadinha, e ele nada. Já está numa idade que não dorme mais no carro. O Pedro, também tirou apenas um cochilinho de 15 minutos, mas o suficiente pra acordar mais falador ainda.Em Pomerode, fiquei encantada com a cidade, era um tal de por o braço pra fora pra tirar fotos, eu toda empolgada, batendo retratos esqueci dizer pro marido onde teríamos que entrar, perdemos ou ganhamos, 10 minutinhos as mais na viagem. E o Caio choramingando no banco de trás que queria chegar logo no hotel...
Chegando no hotel, depois de meia hora, descobri que esqueci minha base nova que cobriria até as fisuras lunares de tão boa, minha bolsinha de mão(fui com a minha bolsa de uso normal mesmo, só que pra não entrar com uma bolsa tão chamativa, deixei ela no carro, pensando em só ir buscar depois da cerimônia), o perfuminho dos meninos, o creme dental do Pedro e o meu condicionador...
Quando o noivo entrou, cai em lágrimas, tinha deixado o lencinho dentro da bolsa no carro, e o danado do noivo quando a noiva foi entrar, cantou lindamente(e desafinadamente)uma canção de amor, chorei horrores, borrei o meu rímel e fiquei com cara de louca já no começo da cerimônia...Olha o cabelo do Pedro, mais uma lição que aprendi, não peça para o Maridones arrumar o cabelo do Menino, porque ele fez exatemente o que o Pedro pediu, um cabelo bem lisinho.
Estava lá boa parte da família do Maridones, o que rendeu alguns comentários ao meu respeito que pareciam coisa de louco, coisas mais ou menos assim:
"Oi 'fulana(nome da personagem da novela)', Gi você sabia que você tá a cara dela?", e eu com meus botões: "claro que não né? Eu lá tenho tempo e paciência de ver novelas?"
"Noooussa(bem assim) como você tá magra", cacara(engordei 3 queridos quilos esse ano), "não sou eu que estou magra, é você que está gorda..."
"O Caio é a cara do Pai", constatação inútil depois de 9 anos, porque o Caio sempre foi a cara do pai, e eu com meus botões:"ufa ainda bem né, já imaginou nascer a cara do vizinho?(veneninho pra uma certa tia incerta)" O casamento foi lindo, o noivo estava lindo, a noiva estava linda, a comida excelente, as músicas muito boas pra dançar e minha mesa só tinha gente pra lá de legal.

1 de nov de 2008

FESTA NO INTERIOR:)

'bora para o interior de Santa Catarina no casamento do primo do Maridones.