3 de nov de 2008

Como chegar a um Casamento

Sou muito organizada.
Adoro uma listinha e sempre a sigo à risca. Nessa minha mini-viagem foi assim também.
Organizei tudinho, fiz uma visita virtual à cidade, pra ver os atrativos e hotéis, separei as roupas dos meninos, minhas e do maridones, emprestei um secador de cabelos da irmã(o meu é só 110v), separei a necessaire(menor do que de costume...), lanchinho pra viagem, cobertorzinho pra usar no carro, no caso de fazer um friozinho na serra quando chove(e aja chuva nessa terra!), água pros adultos, óculos de grau e de sol, radinho do Caio(aquele novinho que chamo de radinho ou walkman e ele me corrigi em letras maiúsculas dizendo É MP4 MÃE!), máquina fotográfica, pra não correr o risco de acontecer o que aconteceu com a Chris(mas essa era difícil de esquecer ela quase nunca sai da minha bolsa), bolsinha de festa, lenço de papel(porque no quesito chorar em ocasiões felizes sou nota 10), anticoncepcional(oras!), basezinha novinha que cobre até tatuagem de tão boa... E por aí vai.
Na quinta-feira a noite começou a minha arrumação.
Separei as roupinha de festa dos meninos, meias e sapatos, tudo combinandinho.
Perguntei pro Maridones com qual camisa ele iria, porque pro Maridones tudo é fácil, o terno pode ser o mesmo desde 1998(desde que esteja inteiro né?), só troca a camisa e a gravata, facinho assim.
Arrumei o meu vestido, não sou uma mulher enrolada, nem tenho muitos vestidos, então a indecisão só fica por conta mesmo do acessório. Fui com o mesmo vestido que tinha usado nessa festa aqui, mudando só os detalhes, afinal ninguém(ala feminina) da família havia me visto com ele(Maridones, muito observador, perguntou se era vestido novo...)
Na sexta-feira, perguntei pro Maridones pela oitava vez na semana com qual camisa ele iria. Das 30 camisas que tem ele escolheu a única que não estava passada. Mas tudo bem, pelo menos ele não deixou pra resolver em cima da hora...
Sexta feira tudo já organizado.
No sábado pela manhã, Maridones foi trocar o óleo do motor do carro, um negócinho fácil e rápido que normalmente toma no máximo 30 minutos, mas no sábado levou 1hora e meia...
Aproveitando que Maridones ia demorar resolvi, sei lá por qual razão experimentar as roupas nos meninos.
Daí veio a primeira surpresa do dia: A calça do Caio já dá pra ser usada como bermudão, a camisa está minúscula e o sapato apertado. O calcanhar da meia ficou quase no meio do pé, o que me fez achar que eu estava colocando a meia do Pedro, senão fosse pelo detalhe da cor...
Já a roupa do Pedro, ficou toda justinha, a camisa dava pra usar sim, desde que fosse com as mangas dobradas, fazendo pose de yuppie(década de 80), a calça se fosse ser usada com havaianas até dava, porque quando coloquei com o sapatênis(Ô coisa chic...), ficou parecendo o noivo de uma quadrilha junina...
Resultado: os meninos foram vestidos do jeito que estão sempre, camiseta e calça jeans.
Ainda bem que são crianças viu?Pedro feliz da vida e pulando!
Assim que pegamos a estrada, nesse caso rua de casa, Pedro já veio com a frase:"mãe quero um lanchinho...", sabe o lanchinho da viagem? Foi quase todo devorado antes de chegarmos ao Portal de São José dos Pinhais(cidade coladinha em Curitiba, que não dá nem 5 minutos, de carro, de casa).
Paramos no Mc, contra minha vontade, pra pegar uns hamburgueres(?), e seguirmos viagem. Todo mundo de barriga cheia, seguimos viagem.
Aqui agora começa meu martírio, de todas as esquisitices que acúmulo na vida, essa é que me atrapalha mais, tenho pânico de estrada, pra poder viajar já tomei remédio controlado, hoje como já estou quase curada um fitoterápico resolve, só que esqueci de tomar, como de costume, uma hora antes de sair, tomei exatamente na hora que estava saindo de casa, que foi quando eu lembrei. Fui passando mal até Joinville, aqui brinquei ao passar pela Expo Ville, onde estava acontecendo um evendo e eu acho que a Carlinha estava na organização, gritando "tchau Carla!", foi o suficiente pro Pedro fazer beicinho e ensaiar um choro dizendo que queria ver a Caila... Nem dava pra parar, já estavámos começando a ficar atrasados...Passando Joinville, começa a chatice do Caio, com o famoso "falta muito", acompanhados de muitos muxoxos(adoro escrever assim, com x em tudo!), depois que entramos em Jaraguá do Sul, eu já tava quase deixando o Caio no caminho de tanto que estava incomodando, foi aí que eu lembrei que o danado tinha acordado as 5 da manhã, então metade da chatice dele podia ser sono, sugeri pra ele uma descansadinha, e ele nada. Já está numa idade que não dorme mais no carro. O Pedro, também tirou apenas um cochilinho de 15 minutos, mas o suficiente pra acordar mais falador ainda.Em Pomerode, fiquei encantada com a cidade, era um tal de por o braço pra fora pra tirar fotos, eu toda empolgada, batendo retratos esqueci dizer pro marido onde teríamos que entrar, perdemos ou ganhamos, 10 minutinhos as mais na viagem. E o Caio choramingando no banco de trás que queria chegar logo no hotel...
Chegando no hotel, depois de meia hora, descobri que esqueci minha base nova que cobriria até as fisuras lunares de tão boa, minha bolsinha de mão(fui com a minha bolsa de uso normal mesmo, só que pra não entrar com uma bolsa tão chamativa, deixei ela no carro, pensando em só ir buscar depois da cerimônia), o perfuminho dos meninos, o creme dental do Pedro e o meu condicionador...
Quando o noivo entrou, cai em lágrimas, tinha deixado o lencinho dentro da bolsa no carro, e o danado do noivo quando a noiva foi entrar, cantou lindamente(e desafinadamente)uma canção de amor, chorei horrores, borrei o meu rímel e fiquei com cara de louca já no começo da cerimônia...Olha o cabelo do Pedro, mais uma lição que aprendi, não peça para o Maridones arrumar o cabelo do Menino, porque ele fez exatemente o que o Pedro pediu, um cabelo bem lisinho.
Estava lá boa parte da família do Maridones, o que rendeu alguns comentários ao meu respeito que pareciam coisa de louco, coisas mais ou menos assim:
"Oi 'fulana(nome da personagem da novela)', Gi você sabia que você tá a cara dela?", e eu com meus botões: "claro que não né? Eu lá tenho tempo e paciência de ver novelas?"
"Noooussa(bem assim) como você tá magra", cacara(engordei 3 queridos quilos esse ano), "não sou eu que estou magra, é você que está gorda..."
"O Caio é a cara do Pai", constatação inútil depois de 9 anos, porque o Caio sempre foi a cara do pai, e eu com meus botões:"ufa ainda bem né, já imaginou nascer a cara do vizinho?(veneninho pra uma certa tia incerta)" O casamento foi lindo, o noivo estava lindo, a noiva estava linda, a comida excelente, as músicas muito boas pra dançar e minha mesa só tinha gente pra lá de legal.

11 comentários:

Amanda Marina ♥ disse...

É MP4 MÃÃE...hahahaha
Desatualizada!
Eles crescem...credo, falei que nem aquelas velhas que ficam dizendo: -Parece que foi ontem que te peguei no colo...
Hahahaha
Beijos*

Nina disse...

Ahahaha, que descricão legal Soninha, um barato. As roupas que não cabem mais, o cabelo do Pedro que o pai arrumou, a única camisa não passada, a tua lista todo preparadinha e tu esquece quase tudo, ahahaha
esqueceu a base!rsrsrs...

ahh soninha, só tu menina, só tu mesmo!
mas que legal a festa hein, e que delícia menina o noivo cantou pra noiva, ahh mas que coisa fofa!

o caio não dorme mais no carro, menina, o joão tbm não, que coisa esses meninos, e toda hora querem lanche, é, típico!

bjs

Carlinha disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhh! Eu não acredito que você passou por Joinville, na frente do Expoville! Eu estava lá! Ai que sacooooooo!
E que fofos o filhote lembrar de mim! Estou mais apaixonada por ele, aliás, por eles, pq são criaturas fofas e apaixonantes!
Enfim, uma pena mesmo a gente não ter se visto pq dessa vez foi bem mais calmo e daria pra ficar um tempão com vocês. Até fiquei pensando nisso lá, mas eu nem sabia que era perto, sou totalmente sem noção.
Minha amiga Camila (a que fez o blog agora) já foi várias vezes à Pomerode com o trabalho e ela diz que lá é lindo e me trouxe chocolates uma vez que são deliciosos...
Que bom que no final deu tudo certo,apesar da base divina não ter ido, rs
Beijos minha querida amiga!

Marsyah disse...

Sôninha de Deus!!! Você é engraçada demais!!! Quase jogou o pobre coitado do Caio pra fora do carro.rsrsrs. Já pensei várias vezes e entregar a princesa pra adoção de tanto que ela me perturba..rsrsrs
Mas gente, pra chegar nesse casamento foi uma saga, ainda bem que tudo deu certo no final... menos a maquiagem borrada, né. rsrsrs

Os meninos estão lindos, né não? Você podia te colocado uma foto sua de corpo inteiro, queria ver o look... afe.

Você me mata de rir, irmãzinha!!!

Bjux, bjux!

Bel disse...

Teu registro me fez ir junto com vocês. As fotos apresentadas no correr da leitura do texto deu um movimento interativo, sabe?
Quanta aventura, mas no final tudo sempre se encaixa quando se tem boa-vontade, né?
Um beijo, bel.

Biana França disse...

Sôninha, viajei com vc...descreveu tão bem tudinho...adorei o seu maridones querendo saber se a roupa era nova(atento demais,kkk) e o muxoxo do Caio, me lembrou uma viagem de infância que meu irmão estava assim mesmo, meu pai parou o carro e teve um ataque...kkkk.
Pedro na rua de casa, já comendo o lanchinho da viagem, e vc linda e hilária como sempre!
Qual é a atriz?????
Bjus.

Chris disse...

Eu ja ri aqui hein!! ahahahaha
Ate de mim vc citou ne?! kkkkkkkkkkkk
realmente vou ter que fazer um listinha.... maquina fotografica e o mais importante da viajem!! Registrar os momentos felizes como esse! Da proxima vez nao esqueco mais!! kkkkkkkkk
Vou lembrar da sua viajem, e que nao posso esquecer a maquina!

"falta muito?"
hahauhauhauha
Caio ta que nem o "burro do sherk", ele ta certo Sonia!!TEm que perguntar mesmo para ter nocao, crianca e ansiosa ne? E se nao dormiu direito... mas vc sabe que se a viajem for grande eu durmo no carro? hahahahahha
ainda mais cansada! Mas so em carro...em onibus nao durmo nao...ahahahaha
Eu nao consigo chorar em casamento? so consigo me deslumbrar! sempre fico encantada, e emocionada, mas nao chego a chorar... mas e lindo mesmo ver a felicidade e compartilhar o momento. E que bom que tudo estava otimo!! e o cabelo do Pedro tbm estava bom....rummmm...hehehehe

Beijaooo

Pitanga Doce disse...

E daqui uns dez anos você vai a-do-rar lembrar disso tudo e ...morrer de saudades.

Aproveita, Sonia!!!!!!!!!!!!!!

SGi/Sonia disse...

AMANDA:hahahaha, é o preço de ser a nossa primeira:)

NINA:é sempre assim Nina, pros meninos(3) sempre vai tudo, não falta nada, mas pra mim... Teve uma vez que não levei calcinha, pode???

CARLINHA: a gente queria muuuuuuito ter te visto novamente. Mas vai ter uma próxima vez loguinho você vai ver!

MARCINHA: como boa fotografa que sou, não tem foto nenhuma minha, as que tem foi eu mesma que tirei...

BEL: a gente tem que combinar de se encontrar...

BI: eu achei que o Maridones fosse ter esse ataque, o Caio quando resolve de ser chato ele é campeão.

CHRIS: foi a maternidade que fez isso comigo, fiquei sem chorar pra nada até os dois anos do Caio, depois disso choro em momentos felizes de graça, em compensação choro muito pouco em enterros...

PITANGA: tô quase torcendo pra chegar logo, porque por enquanto é um stress danado.

Nine disse...

Oiiii..nosssaa muito 10 rsrr....ameiii a sua história rsr.


Super organizada vc em? rsrsr....Parabens ..seus filhos saõ lindos !!!


Eu cantei em um casamento .só naõ sei se foi desafinado rsrr...


Bjs Nine

SGi/Sonia disse...

NINE: eu fui lá ver as fotos do casamento que você foi, eu adoraria saber cantar, quem sabe um dia eu chego lá, enquanto isso vou desafinando mesmo que é bem legal!