16 de abr de 2008

Primeiro Passo: os pontos.


    Quando somos pequenos achamos que tudo é muito maior do que de fato é.


    • Quando eu era pequena uma garrafa de 1 litro de coca-cola saciava a sede de 5 crianças mais dois adultos

    • As férias de verão tinham a duração de uma estação

    • Papai Noel existia e o Coelhinho da Páscoa também

    • Minha mãe era muito maior que eu

    • As viagens eram rápidas(eu dormia o tempo todo)

    • Meu primeiro filho seria menino

    • Vi o primeiro morto de minha vida, que me assombra até hoje

    • Não exisitia(na minha cabeça) diferença entre pop e brega, bonito e feio

    • Quando tinha 10 anos, descobri a diferença racial, eu tinha convicção que erámos todos da mesma cor, e acreditava que era Negra, até que fui inserida num universo onde existe o Negro e o Branco. Isso aconteceu em um único episódio. Mudei de escola e no primeiro dia de aula na 5ª série, algumas garotas maiores apontaram pra mim e disseram: "Olha que menina mais branquinha". Classifico isso como Minha Primeira Crise Depressiva.

    • Achava que se não fosse ver o Menudo no Couto Pereira(estádio de Futebol), iria morrer

    • A casa da minha vó era um mistério

    • Dormir fora de casa sem os pais uma aventura

    • Saber a tabuada uma vitória

    • Andar de carrinho de rolimã não era só coisa de menino

    • Fantasma existia e bruxa também

    • Se eu fechasse bem os olhos ficaria invisível

    • Se eu falasse "EU LEMBRO" lembraria do meu sonho assim que acordasse

    • Eleições eram épocas coloridas(não sei porque)

    • Dormia antes de começar a novela das 20:00 que começava as 20:30

    • Dava BOA NOITE pro Cid Moreira

    • Morria de medo do Caso Verdade do Fantástico

    Ser criança é ter uma outra proporção da vida e ver tudo com sabedoria


    Um comentário:

    Fernanda Falleiro disse...

    Que lindo, fiquei rindo sozinha lembrando da minha infancia!! Muito parecida por sinal!

    Muito gostoso ler seu Blog, vc escreve muito bem!