2 de jun de 2008

Acredito!

Me comovo com a tristeza alheia. Independente do grau de proximidade.
Sofro por quem conheço ou não.
Sou assim, tenho choro frouxo, sentimentos frouxos...

Também me alegro por todos.
Gosto de ouvir um "consegui", gosto de saber boas novas, fico feliz com a felicidade alheia.
Tenho um riso que é quase gargalhada.

Não gosto de pessoas que se desfazem do esforço alheio.
Não gosto de pessoas que esperam uma vida pra falar um "eu te disse".
Não gosto de pessoas que sempre se acham as melhores.
Não gosto de pessoas que falam do que não entendem.
Não gosto de pessoas coitadinhas, que nascem pra ser as mártires de tudo.

Gosto de pessoas que vão a luta.
Gosto de pessoas que não têm medo de errar.
Gosto de pessoas que se expõem sem se exibir.
Gosto de pessoas que dão valor a vida.
Gosto de pessoas que não se arrependem.
Gosto de pessoas que reconhecem um mau julgamento.
Gosto de pessoas que não têm vergonha.
Gosto mais das pessoas do que desgosto, por isso ainda acredito no ser humano e não comprei aquele adesivo de carro que diz:
"Quanto mais conheço a raça humana
mais gosto do meu cachorro"

5 comentários:

Anônimo disse...

Adoro vir aqui quando tem coisa nova
o/\o
Beeijo'Amanda

SGI disse...

OI AMANDA.
EU TAMBÉM GOSTO QUANDO VOCÊ VEM.

beijins:***

Pitanga Doce disse...

Olá, SGI! Menina, você tem um blog que é uma lufada de ar fresco. Tanto este como o outro, mantêm uma linha de ternura que não se vê muito por aí. Talvez por ter filhos pequenos tão próximos a você, a faça assim tão leve. Crianças têm esse poder. Olha vou te explicar uma coisa. A grande maioria dos meus visitantes são de Portugal e nós nos escrevemos com a ortografia de lá, as gírias e tal...No dia em que você não entender alguma coisa "grita", tá legal? É que eu vivi lá um ano e ainda tenho muito dos costumes.
Outra coisa: você deve ir visitando mais gente pois percebi que você tem poucos comentários por aqui e o seus textos são ótimos e merecem ser lidos.

beijinhos e volta sempre à Árvore.

Nina disse...

concordo muuuito com a doce Pitanga, aqui é leve. é bonito Soninha.

tbm nao gosto desse povo todo ai nao, esse povo que vc falou. esse povo metido à besta.
tem hora que tbm gosto mais dos cachorros...

Anônimo disse...

necessario verificar:)