23 de out de 2009

Terezinha

Ontem, escutei de uma maneira diferente uma música antiga, que já me fez rir muito e agora me fez chorar.

Terezinha
Maria Bethânia
Composição: Chico Buarque
O primeiro me chegou como quem vem do florista
Trouxe um bicho de pelúcia, trouxe um broche de ametista
Me contou suas viagens e as vantagens que ele tinha
Me mostrou o seu relógio, me chamava de rainha
Me encontrou tão desarmada que tocou meu coração
Mas não me negava nada, e assustada, eu disse não
O segundo me chegou como quem chega do bar
Trouxe um litro de aguardente tão amarga de tragar
Indagou o meu passado e cheirou minha comida
Vasculhou minha gaveta me chamava de perdida
Me encontrou tão desarmada que arranhou meu coração
Mas não me entregava nada, e assustada, eu disse não
O terceiro me chegou como quem chega do nada
Ele não me trouxe nada também nada perguntou
Mal sei como ele se chama mas entendo o que ele quer
Se deitou na minha cama e me chama de mulher
Foi chegando sorrateiro e antes que eu dissesse não
Se instalou feito um posseiro dentro do meu coração

14 comentários:

Marsyah disse...

Sôninha, esta me fez pensar...
Conheço esta história de algum lugar, viu?

bjux!

Clara disse...

Ah ! lembro tanto quando vi esse quadro nos trapalhoes!! também na epoca me fez rir, mas agora é outro angulo apesar de ainda ser visto pelo os trapalhoes!!
beijo !

Laura disse...

Hahahahahahahaha!!!

Que horrrrroooooorrrrrr....xD
Só o Didi mesmo!

Chorar porque? Que outro angulo tem aí? Por que tantas frases misteriosas? @_@

bejix!

Estela disse...

Engraçado, né, como as coisas tem sentido diferente pra gente com o passar dos anos. Senti o mesmo que vc.
Nossa, o vídeo ainda é engraçado, mas a música me fez pensar agora..
Ai, idade, aff!!

Beijos, fica com Deus!!!

*~* Coisas da Bruxinha *~* disse...

Oi Soninha, cade vc menina sumida, ??? O trabalho tá te fazendo mal, rsss tá afastando vc de nós amigas !!! Volte logo , bjs , bom fds

Amanda Marina ♥ disse...

Chorar porque? Que outro angulo tem aí? Por que tantas frases misteriosas? @_@ [2]

AHH que comédia, não sei da onde você tira essas coisas tia ! Sério mesmo!

Sim eu voltei, a Laura me convenceu !

;**

Nina disse...

soninha, eu adorava :) por causa do papai, que nos levava aos cinemas pra ver os trapalhoes, nunca perdemos um filme! tem gente que acha tudo mt bobo hj em dia né?? pois eu adorava!

tbm me dá vontade de chorar.

acho que to numa fase bem chorosa, credo, só hj já chorei horrores. só de pensar numa prima querida, pensei: preciso escrever uma carta pra Kit, só pra agradecer, pra mandar um bj e pronto, ja tava chorando,putz soninha, a gente envelhece e fica bobo né? gente!!!

Biana França disse...

Vixe, eu ainda não choro vendo isso não, mas sinto que falta pouco.
Caraca, saudades do trapalhões, eu adorava.
E vc hein, menininha, como está????
Bjus

Nine disse...

Oieee obrigado pela visita!!
Nossa eu naõ sabia q vc morava em Curitiba buábuábuá !!

Que triste!!
Mas da proxima combinamos né?
Buá =/

Bjim!

Lúcia disse...

Nossa, essa versão ficou linda mesmo, me arrepiou. Tenha um ótimo fim de samana!! Bjins

Pitanga Doce disse...

Ai Soninha! Este post juntando com o de baixo...faz isso não! Você vai conseguir dar a volta nisso tudo. A menos que o teu ambiente de trabalho seja ruim, não há porque essa neura toda, mulher! Põe as crianças pra ajudarem em casa e o "maridones" também. Divisão de tarefas, senão não rola.

Tomou banho? Roupinha suja no cexto. Acabou de comer, pratinho dentro da pia, se não tiverem idade pra lavar cada um o seu. Eles até gostam de ajudar e quando virem a mãe menos "endoidecida" vão fazer com gosto.

beijinhos e olha, Curitiba melou. O rapaz vai pra Brasília. Ó dó!

Pitanga Doce disse...

Ainda não tá conseguindo comentar lá na árvore?

Renata disse...

rsrsrsrsrs....

Acredita que meu marido até encomendou os DVDs com os episódios antigos dos Trapalhões...

Beijo!

Carlinha disse...

Cade tu mulher? Vai me acabar de saudades é?