8 de ago de 2008

Uma Musiquinha Pra Descontrair

Nos anos 80 fui muito fã dos caras, ainda sou fã, só que não mais muito. As letras as daquela época ainda me pegam quase na veia.
Escuta só se tem algo mais atual?
Só por favor escute a música até o fim ok?
 Engenheiros do hawaii - O Exército de um homem só

A letra:
Não importa se só tocam
O primeiro acorde da canção
A gente escreve o resto em linhas tortas
Nas portas da percepção
Em paredes de banheiro
Nas folhas que o outono leva ao chão
Em livros de estórias seremos a memória dos dias que
virão
Se é que eles virão
Não importa se só tocam
O primeiro verso da canção
A gente escreve o resto sem muita pressa
Com muita precisão
Nos interessa o que não foi impresso
E continua sendo escrito à mão
Escrito à luz de velas quase na escuridão
Longe da multidão
Somos um exército, o exército de um homem só
No difícil exercício de viver em paz
Somos um exército, o exército de um homem só
Sem bandeira
Sem fronteiras
Pra defender
Pra defender
Não importa se só tocam
O primeiro acorde da canção
A gente escreve o resto e o resto é resto
É falsificação
Sangue falso, bangue-bangue italiano
Suíngue falso, turista americano
Livres desta estória, a nossa trajetória não precisa
explicação
E não tem explicação
Somos um exército... até ...pra defender
Não interessa o que o bom senso diz
Não interessa o que diz o rei
Se o jogo não há juiz
Não há jogada fora da lei
Não interessa o que diz o ditado
Não interessa o que o Estado diz
Nós falamos outra língua
Moramos em outro país
Somos um exército, o exército de um homem só
No difícil exercício de viver em paz
Somos um exército, o exército de um homem só
Todos sabem
Que tanto faz
Ser culpado
Ou ser capaz..

7 comentários:

Monique Lôbo disse...

Eu gosto muito de Engenheiros,não peguei o auge deles,tenho 19 anos e o que conheço deles é muito pouco,já escutava algumas musicas,mas sem nem conhece-los,até que assisti o acustico mtv deles,e me apaixonei,como eles tem uma musica "jovem".Muitas das letras deles são influenciadas pela segunda guerra,e pelos movimentos pós segunda guerra(isso é o que eu acho,=D),mas ao mesmo tempo,e/ou talvez por isso ela é muito atual,parece que ele a compos ontem depois do noticiário.
Além de tudo isso tem uma melodia tão boa,mais tão boa.Adoro!
E adorei também o seu blog,muito bom!!
Parabéns por ele!!!
Bjus

Monique Lôbo disse...

Posso te linkar??
Se puder confirma tah!!
Bjs

Amanda Marina ♥ disse...

Opa, isso que é estranho pra mim, sou da novas...ao contrario de voce, claro, já ouvi falar, e ja escutei com o pai no carro, mas não de ser fã, mas bem legal a letra da música...
Ps: Quantos posts eu perdi só de preguiça...
Beijos*

Amanda disse...

Olá, Sônia! Realmente, estou na fase de vestibular! Até que estou gostando, viu? Ah, seu comentário foi super bom! Tirou boas risadas minhas! E é claro, vou continuar estudando! Depois fico livre, né? Um beijão!
obs: Obrigada pela visita!

Flavinha disse...

Vc me remeteu à minha adolencência.
Como eu gostava desses caras...
Tinha todos (todos mesmos) discos de vinil deles.
P.S: quanta coisa essa meninada de hj perde...E eles nunca vão saber o que seja um disco de vinil (ou famoso bolachão) a não ser pela Wikipédia...rs
Bjs

Fiona de Bourbon disse...

Sou doooooooooida pelos Engenheiros! e genético é um negocio serio, pq os meninos tambem adoram! Minha preferida é dom quixote.

beijoooo

Fiona de Bourbon disse...

genética*